O Caminhar que me preenche


Andando, caminhando, conversando “só”… Praticando solitude… Observo o que eu obviamente não observaria.

O coração desacelera. Gradativamente meus passos também desaceleram. Eu paro. E quando paro recebo a percepção de que a vida do lado de fora parou junto comigo enquanto eu observo os detalhes.

O que está acontecendo aqui? Uma inclinação involuntária! Permaneço e emociono.

Todas as influências externas se foram. A rua está cheia, mas está vazia. Haviam tantas pessoas ali, mas na nova percepção só estávamos eu e Ele… Que momento eterno!

Meu coração é capturado. Então eu clico. Meu capturar se torna uma resposta em gratidão Àquele que me capturou – Eu capturo porque fui capturado. A captura parece vir de dentro, junto com o coração, junto com a respiração, junto com A INSPIRAÇÃO que está JUNTO comigo.

É como se meus olhos tivessem sido afetados de maneira positiva, que agora me permitem ver A Beleza (que é uma Pessoa) em todo lugar.

“Anda (maneira de viver) na minha Presença (face a face)  e sê perfeito (absolutamente preenchido)” Gênesis 17:1 

{b.a}

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s